The deal is that Payday Loans Indiana online can save your time, nerves and make a solution of all your financial problems. Since its introduction in the market buying Cialis can be exclusively in pharmacy chains with a prescription from a doctor. I agree that this is very inconvenient and takes a lot of time and effort.

Em comemoração ao Dia Mundial do Animais, que é celebrado na data de 04 de outubro, as ações de pesquisa e conservação do Projeto Meros do Brasil estarão sendo divulgadas no Museu de História Natural Capão da Imbuia (MHNCI), mantido pela prefeitura de Curitiba.

 

DSC04572-2

 

O MHNCI é um parceiro de longa data do Projeto Meros do Brasil e do Instituto Meros, dando apoio logístico e científico no desenvolvimento de pesquisas com o mero e outras espécies de peixes marinhos.
 
O Museu do Capão da Imbuia, conta ainda com uma trilha suspensa em um remanescente de Floresta com Araucárias, além da exposição de dioramas que representam os ecossistemas brasileiros.
 
DSC04574-2
 
 
Visite:

 

R. Prof. Benedito Conceição, 407 - Capão da Imbuia, Curitiba - PR, 82810-080. Te: (41) 3267-2176.
Horário: Terça a sábado, das 9:00 as 17:00. 

 

 

 

O Projeto Meros do Brasil é realizado pelo Instituto Meros do Brasil, com o apoio de diversos parceiros ao longo da costa brasileira, comprometidos com a conservação marinha em nível global.

 

Visite nossa Fan Page no Facebook! 

Publicado em Notícias

Até dia 28 de junho, a exposição "Mero - O Senhor das Pedras", estará em exibição no Museu Nacional de História Natural e da Ciência - MUHNAC, na capital portuguesa, Lisboa.

 

 

A exposição, que é uma realização do Instituto Meros do Brasil, foi concebida e organizada pelos pesquisadores Maíra Borgonha e Áthila Bertoncini. Segundo Maíra Borgonha, "A exposição é pensada de forma a apresentar ao público das mais diversas origens o histórico de enfrentamentos na conservação da espécie mas também os esforços e conquistas do Projeto Meros do Brasil ao longo dos seus 13 anos de atuação". 

 

Durante a visita o público poderá desfrutar de uma experiência visual completa através das espetaculares imagens dos fotógrafos brasileiros Áthila Bertoncini, Luis Pessoa e Leonardo Bueno Poderá acompanhar as atividades de pesquisa desenvolvidas ao longo da costa brasileira pelos cientistas do Projeto. Também aprenderá mais sobre esse gigante, conhecendo o ciclo de vida da espécie, desenvolvido especialmente para o Projeto pela ilustradora premiada internacionalmente Diana Carneiro. Terá ainda contato com importantes registros históricos como o realizado por Waldemar Bucken, antigo pescador subaquático, colaborador do Projeto Meros do Brasil e hoje entusiasta na proteção da espécie.

 

 

A Exposição conta ainda com projeções de imagens e a exibição do vídeo que mostra as atividades realizadas entre 2012 e 2014 pelo Projeto. Ainda, o visitante se surpreenderá ao encontrar uma alegoria produzida por artistas em Caravelas, Bahia, vinda diretamente do Brasil. 

 

Segundo Áthila Bertoncini, que concebeu o projeto visual da Expo, “A montagem da exposição foi um imenso desafio pois foi produzida em sua maior parte a distancia e o seu sucesso só foi possível com o apoio dos colegas portugueses”. 

 

 

A exposição foi patrocinada pela Petrobras e tem os apoios Institucionais das Universidades Federal do Pará, Universidade Federal de Pernambuco, Universidade Federal do Espírito Santo, Associação de Estudos Costeiros e Marinhos, Universidade Federal do Estado do Rio de Janeiro, Universidade Federal Fluminense, Instituto de Pesca de São Paulo, Universidade Federal do Paraná e Instituto Conservação Marinha do Brasil.

 

Quem visitar o Museu Nacional de História Natural e da Ciência poderá ainda  desfrutar de uma agradável visita ao Jardim Botânico de Lisboa (no mesmo local) e o Observatório Astronómico de Lisboa. Vamos nessa?

 

Se estiver pela linda Lisboa faça uma visita ao MUHNAC e aprecie nossa exposição. Marque o Projeto Meros do Brasil e publique sua foto nas redes sociais! 

 

Sobre o MUHNAC: O MUHNAC/Museus da Universidade de Lisboa tem como missão promover a curiosidade e a compreensão pública sobre a natureza e a ciência, aproximando a Universidade à Sociedade. Essa missão é atingida através da valorização das suas coleções e do patrimônio universitário, da investigação, da realização de exposições, conferências e outras ações de carácter científico, educativo, cultural e de lazer.

 

O Projeto Meros do Brasil agradece especialmente Diana Marques, Jorge Prudêncio, Nuno Vasco Rodrigues e Bruno Ribeiro pelo apoio incondicional na realização da Expo.

 

 

A exposição segue aberta a visitação até o dia 28 de junho. As visitas  podem ser realizadas de terça a sexta das 10h00 às 17h00 e aos finais de semana das 11h00 às 18h00. 

 

 

MUHNAC/Museus da Universidade de Lisboa

Rua da Escola Politécnica 56/58,

1250-102 Lisboa

Portugal

 

http://www.museus.ulisboa.pt

 

O Projeto Meros do Brasil  uma realização do Instituto Meros do Brasil

 

Visite nossa Fan Page no Facebook! 

Publicado em Notícias

De 26 de março até dia 28 de junho, a exposição "Mero - O Senhor das Pedras", estará em exibição no Museu Nacional de História Natural e da Ciência - MUHNAC, na capital portuguesa, Lisboa.

 

A exposição, que é uma realização do Instituto Meros do Brasil, foi concebida e organizada pelos pesquisadores Maíra Borgonha e Áthila Bertoncini. Segundo Maíra Borgonha, "A exposição é pensada de forma a apresentar ao público das mais diversas origens o histórico de enfrentamentos na conservação da espécie mas também os esforços e conquistas do Projeto Meros do Brasil ao longo dos seus 13 anos de atuação". 

 

Durante a visita o público poderá desfrutar de uma experiência visual completa através das espetaculares imagens dos fotógrafos brasileiros Áthila Bertoncini, Luis Pessoa e Leonardo Bueno. Poderá acompanhar as atividades de pesquisa desenvolvidas ao longo da costa brasileira pelos cientistas do Projeto. Também aprenderá mais sobre esse gigante, conhecendo o ciclo de vida da espécie, desenvolvido especialmente para o Projeto pela ilustradora premiada internacionalmente Diana Carneiro. Terá ainda contato com importantes registros históricos como o realizado por Waldemar Bucken, antigo pescador subaquático, colaborador do Projeto Meros do Brasil e hoje entusiasta na proteção da espécie.

 

A Exposição conta ainda com projeções de imagens e a exibição do vídeo que mostra as atividades realizadas entre 2012 e 2014 pelo Projeto. Ainda, o visitante se surpreenderá ao encontrar uma alegoria produzida por artistas em Caravelas, Bahia, vinda diretamente do Brasil. 

 

Segundo Áthila Bertoncini, que concebeu o projeto visual da Expo, “A montagem da exposição foi um imenso desafio pois foi produzida em sua maior parte a distancia e o seu sucesso só foi possível com o apoio dos colegas portugueses”. 

 

Como atividade adicional a exposição prevê uma palestra com os pesquisadores do Projeto Meros do Brasil entre os dias 08 e 09 de junho (a confirmar). 

 

Jorge Prudêncio

 

A exposição foi patrocinada pela Petrobras e tem os apoios Institucionais das Universidades Federal do Pará, Universidade Federal de Pernambuco, Universidade Federal do Espírito Santo, Associação de Estudos Costeiros e Marinhos, Universidade Federal do Estado do Rio de Janeiro, Universidade Federal Fluminense, Instituto de Pesca de São Paulo, Universidade Federal do Paraná e Instituto Conservação Marinha do Brasil.

 

Quem visitar o Museu Nacional de História Natural e da Ciência poderá ainda  desfrutar de uma agradável visita ao Jardim Botânico de Lisboa (no mesmo local) e o Observatório Astronómico de Lisboa. Vamos nessa?

 

Se estiver pela linda Lisboa faça uma visita ao MUHNAC e aprecie nossa exposição. Marque o Projeto Meros do Brasil e publique sua foto nas redes sociais! 

 

Sobre o MUHNAC: O MUHNAC/Museus da Universidade de Lisboa tem como missão promover a curiosidade e a compreensão pública sobre a natureza e a ciência, aproximando a Universidade à Sociedade. Essa missão é atingida através da valorização das suas coleções e do patrimônio universitário, da investigação, da realização de exposições, conferências e outras ações de carácter científico, educativo, cultural e de lazer.

 

O Projeto Meros do Brasil agradece especialmente Diana Marques, Jorge Prudêncio, Nuno Vasco Rodrigues e Bruno Ribeiro pelo apoio incondicional na realização da Expo.

 

 

A exposição segue aberta a visitação até o dia 28 de junho. As visitas  podem ser realizadas de terça a sexta das 10h00 às 17h00 e aos finais de semana das 11h00 às 18h00. 

 

 

MUHNAC/Museus da Universidade de Lisboa

Rua da Escola Politécnica 56/58,

1250-102 Lisboa

Portugal

 

http://www.museus.ulisboa.pt

 

O Projeto Meros do Brasil  uma realização do Instituto Meros do Brasil

 

Visite nossa Fan Page no Facebook! 

Publicado em Notícias

Confira até o dia 3 de fevereiro a exposição "Mero, um brasileiro em perigo", do Projeto Meros do Brasil que acontece no Centro de Visitantes do ICMBio (Instituto Chico Mendes de Biodiversidade) em Fernando de Noronha.

A exposição inaugura o Centro de Visitantes, que acaba de ser reformado pelos voluntários do Parque Nacional Marinho de Fernando de Noronha. A amostra conta com 13 banners com a história e atuação do projeto ao longo da costa Brasileira e tem o objetivo de sensibilizar turistas e moradores locais sobre essa espécie, a ameaça de extinção.

Além da exposição, o público pode conferir aos domingos a palestra com a estudante de Biologia da UNIRIO, Marcela Macedo de Mello, estagiária do Projeto Meros na ilha, no auditório do Projeto Tamar.

O Centro de Visitantes do ICMBio e o Auditório do Tamar estão localizados na Rua Eurico Cavalcanti na Vila do Boldró, e ficam abertos todos os dias das 8h00 às 22h00.

 

@petrobras

#petrobras

Publicado em Notícias