Realizadores e Parceiros

Testosterone 250 Mg Per WeekThere are three major facts that should be watched out for in all payday loans in the United States. But it is worth noting that these tests were carried out on the blood cells. Therefore, it's too early to say about scientific evidence of Viagra In Canada influence on blood clots.

O Projeto Meros do Brasil atua através de uma rede de parceiros conhecida como Rede Meros do Brasil formada por instituições de ensino e pesquisa distribuídas pelo litoral brasileiro que atuam de forma autônoma, sem perder o propósito de cooperação técnica e padronização de metodologias entre si. Dessa forma, o Projeto propõe unificar os desafios de pesquisa e conservação de uma espécie que possui uma extensa distribuição geográfica. O trabalho em parcerias é o grande diferencial do Projeto Meros do Brasil, que constrói uma rede nacional de articulação, tendo o mero como figura central e agregadora de conceitos e valores sobre a temática da conservação marinha.

Atualmente, o Projeto Meros do Brasil é realizado por cinco instituições que trabalham juntas nos diferentes pontos focais: Instituto de Pesca (SP); Universidade Federal do Espírito Santo – UFES/CEUNES (ES); Associação de Estudos Costeiros e Marinhos dos Abrolhos – ECOMAR (BA); Instituto Recifes Costeiros – IRCOS (PE), Universidade Federal do Pará, além de novas instituições que estão sendo agregadas, como a Universidade Federal Fluminense UFF no Rio de Janeiro. O Projeto conta também com a parceira e apoio de mais de 50 instituições no auxilio do desenvolvimento das ações dos diversos Pontos Focais.

Este grande potencial é atingido somando-se capacidades institucionais e pessoais de diversas organizações governamentais, terceiro setor, setor privado e cidadãos independentes como escolas, pescadores, mergulhadores, veículos de comunicação, turistas, pesquisadores, funcionários públicos, grupos culturais e ambientalistas.